Educação Física: 20 anos da Profissão



A regulamentação da profissão de Educação Física ocorreu com a promulgação da Lei 9.696, no ano de 1998. Ela estabeleceu uma linha divisória em nosso país no tocante à prática de atividades físicas orientadas e iniciou uma importante mudança em prol da cultura, da vida saudável, da educação e do desenvolvimento humano.


lei 9696

A evolução social, técnica e científica da Profissão nos últimos 20 anos é notória, trazendo como grande ganho a garantia da orientação qualificada no esporte, nas academias, nos treinos físicos diversos, na escola e na promoção da saúde.

Aliás, esta última é a grande força propulsora nos últimos tempos, principalmente aqui no DF que, segundo pesquisa realizada pelo IBGE e Ministério da Saúde em 2017, é a unidade da federação com mais pessoas se exercitando.


Passamos dos modismos e entramos na era da saúde e bem estar, inclusive com o reconhecimento de outros profissionais da saúde, como os médicos, que têm indicado o exercício físico para auxiliar nos tratamentos e, principalmente, para prevenir doenças.

Investir em atividade física tem também um papel importante nas políticas de saúde, porque vai ajudar na diminuição dos gastos em hospitais, planos médicos e na prescrição de medicamentos. Inclui-se aqui também o potencial efeito dela nos casos de depressão, estresse e até mesmo solidão, um “remédio” valioso para as principais doenças psicossomáticas dos dias de hoje.


Mais e mais pessoas entendem a importância do Profissional de Educação Física, cujo reconhecimento do seu protagonismo na promoção da saúde tem aumento cada vez mais. Entretanto, ainda há muito que ser feito.


Há uma parcela da população praticante que inicia suas atividades sem a mínima orientação, ou acabam seguindo conselhos de leigos ou “profissionais” sem formação. Uma situação extremamente arriscada por causa das lesões, dos treinos ineficientes e do risco de morte.

Temos vistos casos em outros segmentos da saúde que pacientes se submetem a situações inacreditáveis em busca de resultados estéticos e acabam colocando suas vidas em risco, com casos amplamente divulgados na mídia.