CREF7 responde decisão da Secretaria de Estado de Educação com nota de repúdio.